Se tornou comum recebermos alertas de amigos e conhecidos, dizendo que tiveram o WhatsApp clonado e orientando a não atender pedidos de dinheiro.

Tanto que a Polícia Civil de Santa Catarina divulgou orientações sobre como proceder caso tenha sido vítima de clonagem do aplicativo.

 

  • Registre uma ocorrência junto à Polícia Civil;
  • Comunique seus contatos familiares e amigos;
  • Caso alguma pessoa tenha feito transferência comuniquei a instituição bancária;
  • Envie e-mail para suporte WhatsApp. Com solicitando a desativação da conta;
  • Solicite um novo chip junto a operadora e reinstalei o WhatsApp;

É importante que o usuário ative a verificação em duas etapas para evitar invasões diretas. Mas fique atento, mesmo essa verificação, os golpistas conseguem clonar o WhatsApp das vítimas por meio de engenharia social. Veja um exemplo, em que o golpista conta uma história para obter o código enviado para o email da vítima:

Foto: Reprodução/Internet

 

A Polícia orienta a nunca passar tais códigos de confirmação recebidos via SMS ou email.

Mas como saber se seu WhatsApp foi clonado? Estes são alguns sinais:

  • Dificuldades para completar chamadas originadas;
  • Quedas freqüentes de ligação;
  • Dificuldades para acessar a sua caixa de mensagem;
  • Chamadas recebidas de números desconhecidos, nacional e internacional;
  • Débitos de prestação de serviços muito acima da média.