Atualizado às 14h30 do dia 11 de setembro de 2019.

O empresário Clésio Felipe, 55 anos, morreu após um acidente na construção de um prédio em Guaramirim. Ele passou por cirurgia e ficou internado na UTI do Hospital São José, em Jaraguá do Sul, mas não resistiu aos ferimentos e morreu na madrugada desta quarta-feira (11).

O acidente aconteceu em uma obra na tarde de segunda-feira (9). A ocorrência foi registrada na rua Isomiro João Correia, no bairro Amizade. De acordo com a empreiteira, o proprietário da construtora estava no local fiscalizando o trabalho dos funcionários.

Durante a fundição da laje no quarto andar, Clésio foi olhar para baixo e caiu. A hipótese é de que ele tenha se desequilibrado após ter uma vertigem. O empresário caiu de uma altura de cerca de 12 metros.

De acordo com o Corpo de Bombeiros Voluntários, ele teve ferimentos graves após a queda. A vítima foi socorrida com um traumatismo cranioencefálico, suspeita de trauma na pélvis e hemorragia interna.

Após os primeiros socorros, Clésio foi levado para o Hospital Santo Antônio. Depois, o empresário foi transferido pela USA (Unidade de Suporte Avançado) do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para o Hospital São José.

O velório está ocorrendo no salão da Igreja Católica, no Centro. O enterro será realizado no Cemitério Municipal de Guaramirim, às 12h desta quinta-feira (12). Clésio deixa enlutados a mulher e dois filhos.

Presidente da Aciag emite nota de pesar

O presidente da Aciag (Associação Empresarial de Guaramirim), Gilberto Ronchi, emitiu uma nota de pesar na fanpage do Facebook da entidade. Em nome da classe empresarial, Ronchi expressou sentimento de luto pela morte de Clésio, ex-diretor da associação.

“A ACIAG registra a marca indelével deste respeitável profissional neste momento de consternação. Manifestamos um humilde tributo e preito de gratidão num sincero abraço à família”, comenta a nota.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):