VÍDEO: Possível tornado causa estragos em Jaraguá e região e derruba lavação

Na divisa de Jaraguá com Guaramirim uma lavação foi destruída pelo vento. 

Foto: William Fritzke Na divisa de Jaraguá com Guaramirim uma lavação foi destruída pelo vento. Foto: William Fritzke

Segurança

Por: William Fritzke

quinta-feira, 06:41 - 17/01/2019

William Fritzke

Os últimos dias estão sendo de tempo instável com muito calor durante o dia e trovoadas no fim da tarde. O vendaval acompanhado de chuva na tarde desta quinta-feira (17) causou estragos em Jaraguá do Sul e Guaramirim. A região mais atingida foi a Ilha da Figueira, na divisa dos dois municípios.

VEJA O VÍDEO COM A REPORTAGEM COMPLETA:

&feature=youtu.be

Em Guaramirim, principalmente no loteamento Malibu, os estragos foram grandes. Portões eletrônicos saíram dos trilhos, as bombas de um posto de combustíveis foram arrancadas, causando vazamentos, e casas foram destelhadas. Na BR-280, árvores caíram sobre a pista. Uma árvore delas, próximo ao Mannes, já foi removida. Na rua Antônio Bernardo Schmidt, também na Ilha da Figueira, árvores caíram sobre a rede elétrica e, por questões de segurança, a Celesc foi acionada.

Cerca de 20 residências foram destelhadas na Estrada Bananal do Sul, segundo o diretor de Defesa Civil Ezequiel Ramalho. Enquanto na Ilha da Figueira, o órgão atendeu outras cinco ocorrências de destelhamento.

O posto de combustível que fica na divisa dos municípios teve o forro arrancado. O telhado da borracharia localizada ao lado ficou destruído e uma lavação, que fica na parte de trás do estabelecimento, caiu por completo.

Até no final da tarde, segundo o diretor de Defesa Civil de Jaraguá do Sul, Hideraldo Colle, duas quedas de árvore foram registradas na Ilha da Figueira. A Defesa Civil realizou o corte de uma delas na rua Alberto Klein.

Alguns moradores entraram em contato com a Defesa Civil solicitando lonas e o material já foi separado. Aqueles que necessitam o material devem ligar no telefone 199.

Unidades sem energia elétrica

Por volta das 14h40, 316 unidades consumidoras estavam sem energia elétrica nos bairros Ilha da Figueira e Baependi, em Jaraguá do Sul, e 181 nos bairros Figueirinha, Ilha da Figueira e Rio Branco, em Guaramirim. Aos poucos, a energia foi sendo restabelecida nesses locais.

Meteorologista não descarta hipótese de tornado

Segundo o Engenheiro Agrônomo e especialista em meteorologia Ronaldo Coutinho, da Clima Terra, basicamente tudo ocorreu pelo calor. “O que aconteceu em Jaraguá é o mesmo que ocorre em uma panela de pressão. A umidade junto do calor faz o tempo ficar bonito pela manhã e sobe do solo causando correntes na atmosfera. Isso, aliado a índices de instabilidade, forma nuvens de até 15km de altura, com grande densidade. Dentro delas ocorrem micro explosões e causam rajadas de vento, trazendo toda essa situação”, afirmou Coutinho.

Ainda segundo o especialista, o fato dos estragos terem se concentrado em uma linha reta, levam a crer que o bairro pode ter sido atingido por um tornado. O que não é raro.

A previsão é de que o calor continue pelo menos até domingo e, consequentemente, o risco de temporal também.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?

×