Um policial militar de folga agrediu um grupo de amigas na noite da última segunda-feira (3), dentro de um apartamento em Lages, na Serra catarinense.

De acordo com as vítimas, o PM seria morador do prédio e teria ficado incomodado porque elas estavam celebrando a aprovação de uma das amigas na faculdade, após apresentação do TCC (Trabalho de Conclusão de Curso).

Em um vídeo divulgado nas redes sociais, é possível ver o policial já dentro do apartamento discutindo com elas.

Na sequência, uma mulher que acompanhava o PM parte para cima de uma das vítimas para tomar-lhe o celular. Há troca de agressões e, por fim, o policial desfere golpes de cassetete no grupo de amigas.

Em nota, o 6º Batalhão de Polícia Militar informou que determinou a instauração do procedimento correcional competente para a apuração do caso.

Além disso, a Polícia Militar ressaltou que o policial que aparece nas imagens estava afastado do serviço por fazer parte do grupo de risco da Covid-19.

Leia a nota na íntegra:

NOTA – 6º Batalhão de Polícia Militar

O Comando do 6º Batalhão de Polícia Militar informa que tomou ciência dos vídeos e imagens disseminados em redes sociais, na noite da última segunda-feira, 03, em Lages. E, que logo após ter conhecimento dos fatos determinou a instauração do procedimento correcional competente para apuração.

O Policial Militar já estava em afastamento regulamentar por se encontrar em grupo de risco perante a Covid-19, e as ações ocorreram fora do âmbito profissional.

A Instituição afirma tratar-se de fato isolado que não condiz com a formação e a preparação dos policiais militares catarinenses. Ressalta ainda, que não coaduna com qualquer conduta irregular, bem como violência contra a mulher.

FABIANO DA SILVA
Ten-Cel PM Comandante do 6º BPM

Com informações do Diário do Cotidiano

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança