Em média, um criminoso, com mandado de prisão em aberto é identificado e preso a cada dois dias, conforme balanço.

A Polícia Militar de Criciúma divulgou, nesta quinta-feira, que 100 foragidos da Justiça foram presos na área do 9º Batalhão de Polícia Militar (BPM), que corresponde aos municípios de Criciúma, Nova, Veneza, Siderópolis, Treviso e Forquilhinha nos primeiros 196 dias de 2021.

Conforme o levantamento, das estatísticas criminais, uma pessoa com mandado de prisão em aberto é identificada e presa pelos policiais a cada dois dias, na região, pelos mais variados crimes, dentre eles tráfico de drogas, estupro, violência doméstica, roubo, furto e homicídio.

Mesmo em meio à pandemia do novo coronavírus, as prisões por mandados de pessoas que tenham débito com a justiça continuam sendo cumpridas.

Segundo o comandante do 9º BPM, tenente-coronel Sandi Murís de Medeiros Sartor, tudo se deve ao trabalho de cada policial militar, que se dedica a prestar um serviço de qualidade à população.

“Os números têm mostrado o empenho da instituição em desenvolver suas atividades com rigor e ordem, para redução da criminalidade. Ao cumprir estes mandados, o que fazemos é dar à sociedade uma resposta e desfazer a sensação de impunidade”, afirmou o comandante.