Um homem foi preso por pela Polícia Militar após ejacular em uma passageira dentro do vagão de um trem no Rio de Janeiro.

O crime aconteceu na manhã desta quinta-feira (6), no Maracanã, Zona Norte da capital fluminense.

De acordo com informações da PM, os policiais militares estavam nas imediações da estação do Maracanã e foram chamados por passageiros.

Eles foram comunicados sobre um tumulto no interior de uma composição.

Ao chegarem ao local, encontraram o suspeito, que estava sendo agredido por usuários do trem, que seguia para a Central do Brasil.

A vítima, uma mulher de 22 anos, seguia viagem para o ponto final da composição, quando sentiu um incômodo nas costas e olhou para trás.

Ao avistar o assediador e perceber o que havia acontecido, ela começou a gritar e pediu ajuda de outros passageiros, que agrediram o suspeito até a chegada da Polícia Militar.

O homem foi preso e o caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca).

Em nota, a SuperVia afirmou ter prestado auxílio à passageira e acionado a PM.

"A concessionária repudia casos como esse, de desrespeito às mulheres. Como ação educativa para evitar esse tipo de comportamento, a concessionária veicula avisos sonoros contra o assédio e investe em campanhas de conscientização para orientar e ampliar a boa convivência dentro dos trens. A SuperVia esclarece que seus agentes de controle atuam nos trens e estações para dar apoio e orientação. Em situações de assédio, os funcionários devem acionar a Polícia Militar, ação que, por vezes, culmina em detenções ou prisões", disse a concessionária em comunicado.

Procurada, a Polícia Civil informou que o homem foi preso em flagrante, pelo crime de importunação sexual.

*Com informações do jornal O Dia.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito , ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança