Foto Eduardo Montecino/OCP News
Foto Eduardo Montecino/OCP News

O helicóptero Águia 1 vai ser visto voando mais vezes no céu de Jaraguá do Sul e região. Há duas semanas, a 2ª Companhia do Batalhão de Aviação da Polícia Militar (2ª Cia BAPM), sediada em Joinville, e o 14º Batalhão de Polícia Militar (14º BPM) firmaram uma parceria para trazer a modalidade de policiamento para a unidade.

A aeronave será deslocada uma vez por semana, por no mínimo uma hora, para fazer o patrulhamento aéreo dos cinco municípios da circunscrição do 14º BPM, Jaraguá do Sul, Guaramirim, Corupá, Schroeder e Massaranduba.

A intenção do comandante do 14º Batalhão, tenente-coronel Márcio Leandro Reisdorfer, é trazer modalidades de polícia especializada para a região.

Assista ao vídeo

A área de atuação da 2ª Cia BAPM já contempla os cinco municípios. Reisdorfer, que já atuou como piloto da aeronave, destaca que estão em andamento trabalhos em parceria com a Agência de Inteligência do 14º Batalhão.

Outras ações em áreas pré-determinadas já constam no planejamento de uso da aeronave, que é utilizada de forma programada.

“Os nossos policiais já fizeram treinamentos com a aeronave no passado, mas isso não impede que agora sejam feitos novamente, principalmente com o Pelotão de Patrulhamento Tático. Geralmente, o Canil já realiza treinamentos em Joinville”, afirma o comandante do 14º BPM.

Aeronave multimissão

O comandante da 2ª Cia BAPM, tenente-coronel Alessandro Machado, destaca que, além das missões com a Polícia Militar, o helicóptero Águia 1 realiza o apoio a resgates e outras atividades.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

A aeronave trabalha em conjunto com equipes da Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros Voluntários, do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e também da Defesa Civil.

“A nossa função prioritária é atividade policial, porém, residualmente, nós atuamos nos resgates de acidentes e no combate aos incêndios florestais em apoio aos bombeiros voluntários e militares. Também apoiamos o Samu nas remoções aeromédicas, na captação de órgãos para transplantes e, recentemente, fizemos sobrevoos de reconhecimento com a equipe de geologia da Defesa Civil após o deslizamento em Guaramirim”, explica Machado.

Mais segurança

Machado lembra que uma das intenções de ter a presença contínua do helicóptero Águia na região é aumentar a sensação de segurança da população.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Apesar da parceria entre o batalhão sediado em Jaraguá do Sul e a companhia baseada em Joinville vir de longa data, é importante destacar que a aeronave vai poder fornecer radiopatrulhamento aéreo constante e uma importante ferramenta de prevenção na segurança pública.

“A Polícia Militar existe para o bem das pessoas. Então, nós estamos aqui para servir a sociedade da melhor forma possível. Vocês podem ter certeza que dentro de uma viatura policial, em uma motocicleta, a pé, a cavalo ou em uma aeronave, existem policiais dispostos a doar as suas vidas pela sociedade. Essa é a nossa atividade e é isso o que nós vamos fazer”, afirma.

Sobre o Helicóptero Águia 1

  • Modelo: Eurocopter HB 350 B2 Esquilo;
  • Capacidade: 6 passageiros;
  • Autonomia de voo: 3,5 horas;
  • Tripulação mínima: 4 pessoas (2 pilotos e 2 TOMM – Tripulante Operacional Multimissão).

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?