No último domingo (21) completaram-se três anos do desaparecimento da pequena Emili Miranda Anacleto, que se estiver viva hoje estará com quatro anos e nove meses. A menina está desaparecida desde o dia 21 de maio de 2014 quando foi levada da casa da mãe pelo pai, Alexandre Anacleto, em Jaraguá do Sul. Desde lá, vários desdobramentos foram registrados no caso: o pai foi encontrado morto, o carro incendiado, mas nada que levasse os policiais até o paradeiro da garota. Saiba o que a delegada Milena fala sobre o caso:   https://www.youtube.com/watch?v=eMClsJ5WRhg&feature=youtu.be