Vídeo: Bombeiros voluntários adquirem equipamentos de respiração com câmeras térmicas em Jaraguá do Sul

Foto: Fábio Junkes/OCP News

Por: Claudio Costa

18/10/2023 - 09:10 - Atualizada em: 18/10/2023 - 15:00

O Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul adquiriu novos equipamentos de combate a incêndio. Nesta terça-feira (17), foram entregues uma câmera térmica e três EPRs (Equipamentos de Respiração Autônomos).

Além do combate direto ao fogo, os dispositivos vão auxiliar na busca de pessoas em ambientes com fumaça. Ao todo, foram investidos R$ 228.045,58 do fundo das penas pecuniárias da 2ª Vara Criminal de Jaraguá do Sul.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

O comandante do Corpo de Bombeiros Voluntários, Neilor Vincenzi, destaca que os equipamentos de respiração autônomos importados dos Estados Unidos têm autonomia de cerca de 45 minutos. Cada um dos três EPRs tem uma câmera térmica e ainda foi adquirido mais uma câmera térmica em separado.

“Esses equipamentos têm tecnologia de válvula com duplo estágio e trazem mais segurança. Se uma falhar, a outra vai funcionar. Além disso, há a câmera térmica acoplada na máscara, que é uma tecnologia diferente do que estamos acostumados. Ela transmite para uma tela interna e que pode ser visualizada pelo bombeiro”, comenta Vincenzi.

“Além de ver o ponto de maior calor, o foco do incêndio, é possível fazer a busca de uma vítima. Se aquele local estiver tomado pela fumaça, isso não será um obstáculo para a visualização. Então, o bombeiro vai conseguir encontrar essa vítima rapidamente e dar o suporte que ela precisa naquele comento”, completa.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

O presidente da Associação de Serviços Sociais Voluntários de Jaraguá do Sul, Giocondo Tagliari Calomeno, afirma que os novos equipamentos buscam dar agilidade e segurança para os operadores. Seguindo Giocondo, os novos EPRs são equipamentos de ponta e as condições de trabalho que trazem aos bombeiros são fantásticas.

“O objetivo da diretoria é sempre proporcionar melhores condições de trabalho, pois precisamos da mão-de-obra dos bombeiros, sejam voluntários ou efetivos. O nosso papel é trazer equipamentos para que essas pessoas prestem o serviço de forma mais segura e tranquila. Quando a gente consegue adquirir um equipamento desse porte, com a ajuda da Justiça, neste caso, faz uma diferença muito grande, os bombeiros se sentem valorizados”, ressalta Giocondo.

O juiz titular da 2ª Vara Criminal de Jaraguá do Sul, Samuel Andreis, destaca que os recursos são obtidos através de prestações de penas alternativas. As pessoas que cometem crimes menos graves prestam serviços comunitários ou pagam penas pecuniárias, ao invés de serem presas.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

“Várias apenados e pessoas em benefício penal prestam serviço nos bombeiros voluntários. A gente também tem muita gente que acaba pagando a pena pecuniária e esse dinheiro é revertido para um fundo. Então, a gente faz essa destinação. Pudemos contemplar os bombeiros com esses equipamentos, que agregam bastante tecnologia e que vão reverter em bastante segurança para a população. Trazem mais possibilidades de resgate e de uma atuação mais eficiente para os bombeiros, que já atuam de uma maneira fantástica em nossa cidade”, frisa Andreis.

Foto: Fábio Junkes/OCP News

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança