No último sábado (24) a Central de Operações do 4º Batalhão de Bombeiros Militar, com sede em Criciúma, recebeu uma ligação relatando que uma criança, de 21 dias, estava com as vias aéreas obstruídas com leite materno.

De pronto, a Bombeira Comunitária orientou a família a realizar as manobras de desobstrução, enquanto a guarnição de Araranguá se deslocava para a residência da vítima. Durante toda ligação, que durou aproximadamente 9 minutos, a mãe seguiu as instruções repassadas e a criança conseguiu expelir o líquido que obstruía as vias aéreas.

Ao chegar no local, os bombeiros militares constataram que a criança já havia expelido todo líquido, mas como forma de garantir a segurança, encaminhou o bebê para o hospital.

Confira o áudio do atendimento realizado pela Bombeira Comunitária do 4º BBM:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp