O vereador José Messias de Araújo Aguiar (PMDB), 34, segundo mais votado no município de Ubaitaba, região sul da Bahia, foi preso pela Polícia Militar com 270kg de maconha e 2kg de cocaína, na tarde dessa segunda-feira (3), em uma propriedade rural. Aguiar é agricultor e foi recém-eleito vereador com 571 votos, o segundo mais votado em Ubaitaba. Ele só deverá tomar posse quando a acusação de tráfico de drogas for resolvida na Justiça. Caso em janeiro de 2017 o vereador esteja preso, quem assumirá o cargo é um suplente. Segundo o site do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), ele gastou R$ 6.398,50 e seu principal doador foi ele mesmo com R$ 7.000,00. O maior gasto dele foi com impressão de material no valor de R $ 3.140,00. A polícia informou que uma denúncia anônima levou à equipe a fazenda onde foi encontrada a droga dentro de um dos imóveis. A PM afirmou que Aguiar estava dentro de um imóvel da fazenda com os entorpecentes. Além dos 270 kg de maconha e os 2 kg de cocaína, foram apreendidos uma balança de precisão e sacos plásticos que seriam para separar a droga. O vereador está preso na Delegacia Regional de Ilhéus e deverá ser transferido para unidade do sistema prisional da Bahia, onde ficará à disposição da Justiça. O vereador negou que a droga seja de propriedade dele e afirmou que estava visitando uma pessoa na fazenda quando fora abordado pela polícia. Aguiar disse também que a fazenda não é dele.   Via portal UOL