Conforme apurado pelo Jornal Página 3, o vereador Moacir Schmidt (PSDB) foi delatado como sendo um dos mandantes do assassinato do ex-engenheiro da prefeitura, Sérgio Renato Silva, ocorrido em fevereiro de 2017, na Praia Brava de Itajaí.

Réu confesso, apontado pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (GAECO) como intermediário entre mandantes e executores do homicídio, o delator Celso Machado, vulgo “Paulista”, declarou em depoimento que foi contratado pela despachante Vera Lúcia, pelo seu sócio e suposto namorado, Milton Martins Gomes, e pelo vereador Moacir Schmidt.

O monitoramento telefônico já havia apontado que o vereador possuía certo grau de envolvimento com a despachante, o que fez ele ser chamado para depor ao GAECO, no último mês de maio.

O advogado de Moacir alega que seu cliente não tem qualquer envolvimento com o crime.

Via Click Camboriú

Quer receber as notícias no WhatsApp?