O chafariz, que fica situado na Praça das Águas – na esquina das avenidas Coronel João Fernandes e Capitão Pedro Fernandes, em Araranguá – amanheceu coberto por uma espuma branca na manhã desta quinta-feira. A suspeita é de que vândalos tenham jogado sabão em pó ou detergente na água. Populares e moradores surpreenderam-se com a situação.

Uma ação estratégica foi implantada para tentar identificar o (s) autor (es) do vandalismo, que já foi praticado em outras ocasiões. O SAMAE solicita às pessoas que tiverem informações concretas sobre o caso para que comuniquem o plantão da autarquia (3524-0837) ou a Polícia Militar (fone 190). O sabão em pó contém agentes que podem danificar as bombas de água.

“A prática deste ato é recorrente, mas a equipe do SAMAE logo identificou e solucionou o problema”, enfatiza o engenheiro químico Mário Copetti.

O ato de danificar bem alheio é tipificado pelo artigo 163 do Código Penal, em seu capítulo IV, quando aborda o crime de dano. O dano simples tem como punição detenção de um a seis meses ou multa.