Um ato de vandalismo deixou 53 mil unidades consumidoras sem luz em Itajaí e Balneário Camboriú, na noite desta sexta-feira (2), segundo informações da Celesc. Um objeto lançado contra a subestação da Praia Brava provocou um incêndio nos equipamentos de energia. As informações são da coluna de Dagmara Spautz, da NSC.

Segundo técnicos da Celesc, um pedaço de madeira coberto com fita plástica foi jogado sobre a rede de distribuição de média tensão, a poucos metros da subestação. O impacto provocou um curto-circuito que resultou na explosão de um transformador.

Além da alta tensão, os aparelhos da subestação demandam uma grande quantidade de óleo, que impulsionou o fogo. Eram cerca de 26 mil litros de óleo no local, segundo o Corpo de Bombeiros.

Bombeiros de Itajaí e Balneário Camboriú trabalharam em conjunto para apagar o incêndio. A energia foi restabelecida por volta de meia-noite, duas horas após o apagão, por meio de manobras na rede elétrica.

Agora, a companhia atua para recuperar ou repor o equipamento incendiado. A subestação atacada, Itajaí Fazenda, fica na avenida Osvaldo Reis, que liga Itajaí e Balneário Camboriú.

A estrutura é cercada por comércio e residências, com diversas câmeras nos arredores, que poderão ajudar a identificar o responsável pelo vandalismo. Não é o primeiro incidente do tipo entre as duas cidades: em 2019, um gato causou um apagão semelhante, afetando 50 mil unidades consumidoras nas duas cidades.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança