Foi levado ao presídio de Jaraguá do Sul, na tarde desta terça-feira (14), o homem de 22 anos que foi preso na segunda-feira (13), suspeito de estuprar uma adolescente de 16 anos com necessidades especiais em Jaraguá do Sul. A Polícia Militar registrou a ocorrência na rua Adolfo Tribes, no bairro Vieira.

O  autor da denúncia, a mãe da vítima e a adolescente conversaram com os policiais militares por volta das 14h40. Segundo a PM, a garota contou que foi abordada nas proximidades da residência do rapaz. Naquele momento, ela se deslocava para o centro de educação especial e foi convencida pelo jovem a ir até sua casa e, segundo a PM, "manter relação sexual".

Os policiais foram até a residência do suspeito, que confirmou que esteve com a vítima, mas negou ter estuprado a vítima. Os policiais deram voz de prisão ao homem. De acordo com a PM, ele possui vários registros policiais, já cumpriu pena e estava em liberdade provisória. O suspeito foi levado para a Dpcami (Delegacia de Proteção à Criança, Adolescente, Mulher e Idoso). O delegado de plantão lavrou o flagrante pelo artigo 203 – estupro de vulnerável – e fez a prisão em flagrante do mesmo que passou por audiência de custódia e foi levado ao presídio. O caso correrá em segredo de justiça por envolver uma menor de idade. Ao delegado o homem disse que só se manifestaria em juízo.