Acidente com morte ocorreu na divisa entre Jaraguá do Sul e Corupá | Foto Gabriel Junior/OCP News
Acidente com morte ocorreu na divisa entre Jaraguá do Sul e Corupá | Foto Gabriel Junior/OCP News

Um motociclista de 38 anos morreu em um acidente envolvendo quatro veículos na noite desta sexta-feira (23), na BR-280, próximo da divisa entre Jaraguá do Sul e Corupá. A vítima foi identificada como Vanderli Link.

Motocicleta de Corupá | Foto Fabio Junkes/OCP News

A batida envolvendo uma motocicleta de Corupá, um carro Fiat Uno de Corupá, e dois caminhões, um de Palhoça e outro de São Bento do Sul, foi registrada às 20h15 no km 77 da rodovia, conforme apurado pelo OCP News. A ocorrência foi atendida pelos bombeiros voluntários de Corupá, com apoio da Polícia Militar e a Polícia Rodoviária Federal.

Motociclista foi parar embaixo do carro | Foto: Gabriel Junior/OCP News

Conforme o motorista do caminhão Scania de São Bento do Sul, que seguia no sentido Jaraguá do Sul/Corupá, o motociclista vinha ultrapassando diversos veículos e, na curva da divisa entre os municípios, bateu na lateral de um caminhão de Palhoça que seguia para Jaraguá, caiu na frente do Uno e acabou arrastado pelo carro.

"O meu caminhão ainda passou por cima de uma parte de corpo que ficou na estrada", disse o caminhoneiro.

Caminhão envolvido em acidente no km 77 da BR-280 | Foto: Gabriel Junior/OCP News

Segundo os bombeiros, o motociclista morreu no local da ocorrência. Partes do corpo do motociclista foram encontradas no mato às margens da rodovia e embaixo do caminhão de São Bento do Sul.

Rodovia foi interditada em ambos sentidos, mas o trânsito já foi liberado | Foto Gabriel Junior/ OCP News

Por volta das 21h20, a rodovia permanecia interditada em ambos os sentidos, formando aproximadamente três quilômetros de filas. O corpo da vítima foi retirado pelos bombeiros debaixo do Uno. No veículo estava uma família de Corupá, que ficou bastante abalada com a situação.

Moto de Corupá envolvida no acidente | Foto Gabriel Junior/OCP News

Os cinco ocupantes do carro e os caminhoneiros recusaram atendimento dos bombeiros. O Instituto Geral de Perícias (IGP) levou o corpo do motociclista para o IML (Instituto Médico Legal) e o trânsito de veículos foi liberado por volta das 21h40.

LEIA MAIS:

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?