Na manhã desta quinta-feira, dentro do projeto EducAÇÃO Preventiva”, coordenado pela Secretaria de Educação de Florianópolis , foi realizado, na Escola Básica Donícia Maria da Costa, um exercício chamado de Plano de Abandono em Área Escolar (PAAE). Houve a simulação de um princípio de incêndio. O fogo começou próximo da cozinha do estabelecimento de ensino localizado no Saco Grande. O diretor da escola, Marcos Bueno, acionou o alarme. Como já havia sido planejado, crianças, entre 6 e 14 anos, e professores saíram das salas de forma organizada indo em direção à quadra de esportes coberta. Houve corte da energia elétrica e desligamento da central de gás. O Corpo de Bombeiros foi acionado pelo número 193. Um estudante ficou na frente da escola esperando a chegada da guarnição. O fogo começou a ser combatido com os extintores da unidade educacional. Com a chegada dos Bombeiros, a chamas foram apagadas com o uso do sistema hidráulico preventivo do estabelecimento de ensino. Na quadra coberta, estudantes e educadores levaram um bate-papo com os militares e o professor Charles Schnorr, responsável pelo setor de prevenção da Secretaria de Educação. Fizeram uma avaliação sobre o resultado da ação. Participaram do exercício 250 pessoas. De acordo com o Secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, o exercício tem como objetivo preparar as crianças e os profissionais das escolas e creches para como agir em situações de emergência, bem como desenvolver na comunidade escolar uma cultura prevencionista evitando possíveis acidentes e comportamentos de risco. Preparado para tudo A Escola Básica Donícia Maria da Costa é uma das unidades que recebeu treinamento durante o inicio do ano letivo para como agir frente a possíveis adversidades, sejam incêndios, vazamentos, assaltos, enxame de abelhas, vazamento de gás, entre outros possíveis sinistros. Para o professor Charles Schnorr , esse tipo de atividade faz com que estudantes e profissionais tornem-se mais resilientes no enfrentamento de dificuldades e emergências, transformando não apenas o comportamento em sala de aula, mas suas residências e bairros em comunidades mais seguras. Na Donícia Maria da Costa também devem ser desenvolvidos projetos como o Defesa Civil na Escola, Vigilante Mirim e Primeiros Socorros na Educação. Essas atividades preparam as crianças de diferentes turmas e faixas etárias para agirem preventivamente, não apenas em emergências, mas em diversas ações: contra os focos do mosquito da dengue, desastres, valores e comportamentos cívicos. São fruto de uma parceria entre as escolas, órgão central da Secretaria Municipal de Educação, Defesa Civil Municipal e Estadual, Corpo de Bombeiros, Guarda Municipal, Polícia Militar, entre outros apoiadores.