O velocímetro do veículo Logan, com placas de Içara, envolvido em um acidente fatal na manhã desta terça-feira no bairro Próspera, em Criciúma, estava travado marcando 160 km/h. A informação foi divulgada pela Polícia Militar.

O condutor, Alexandre Rufino da Silva, de 41 anos, morreu no local.

Segundo a PM, uma guarnição estava em rondas na rua General Osvaldo Pinto da Veiga onde se deparou com uma carreta manobrando na via para entrar de ré no estacionamento do estabelecimento Manosso Logística e Transporte (somente referência), situação que parou o fluxo de veículos dos dois sentidos.

“Quando a carreta entrou no estacionamento e liberou a via, os veículos que estavam parados começaram a se mover e, de repente, o Logan surgiu trafegando em alta velocidade atrás da viatura, passou pela guarnição na contramão em alta velocidade e colidiu na frente do veículo Ford Cargo que estava no sentido contrário da via, vindo a óbito no local o condutor do automóvel”, detalhou a corporação.

Ainda de acordo com a PM, o veículo ainda tentou desviar para a direita, causando uma derrapagem, pois colidiu com a lateral esquerda (lado do motorista) de frente com o caminhão.

“De imediato, a guarnição comunicou, via rádio, a Central de Emergência para acionar a equipe de salvamento e, após confirmar o óbito pela equipe do Samu no local, foram acionados os outros órgãos competentes, como Polícia Civil, IGP e Corpo de Bombeiros para remover a ferragem para retirada do corpo”, complementou a corporação.

A vítima não estava presa ao cinto de segurança. Os ocupantes do caminhão não sofreram lesões.