Um turista gaúcho foi morto e outros dois sobreviveram a um ataque de traficantes na comunidade do Arvoredo, em Ingleses, Florianópolis (SC). Conforme a Polícia Civil, o trio teria sido confundido com integrantes de uma quadrilha rival. O caso ocorreu no domingo (5), por volta das 15h.

Os três turistas, de São Leopoldo (RS), região metropolitana de Porto Alegre, teriam ido até a comunidade, que é conhecida como Siri, para comprar maconha. Eles estavam há uma semana em Florianópolis, hospedados na Praia do Santinho, que fica a dois quilômetros da comunidade.

Ao chegarem ao local, foram confundidos pelos traficantes com rivais. Eles foram rendidos e levados até as dunas, onde seriam executados pelos traficantes. No entanto, após os disparos, dois turistas sobreviveram e conseguiram fugir do local. Um deles foi ferido com um tiro no abdômen e foi encaminhado ao Hospital Governador Celso Ramos, onde deu entrada em estado estável. O outro ficou ferido na mão.

O terceiro acabou desaparecendo. O corpo dele foi localizado na manhã desta segunda-feira (6), durante diligências realizadas na região. O nome da vítima ainda não foi divulgado. Um dos jovens, que tem 21 anos, afirmou que, no local, já havia um corpo no local que estava em decomposição. A informação já foi repassada para a DH (Delegacia de Homicídios), que abriu um procedimento de investigação para apurar mais informações sobre o homicídio.

Suspeitos de praticar o sequestrado, o homicídio consumado e as duas tentativas já teriam sido identificados. No entanto, ninguém foi preso até o momento.

Via Jornal Conexão Comunidade