Foto Ilustrativa. Crédito: Bombeiros de Schroeder. No início da manhã de ontem (10), os bombeiros de Schroeder foram vítimas de um trote. Após serem acionados pelo Centro de Operações do 14º BPM, os bombeiros se deslocaram por volta das 6h55 para uma ocorrência de capotamento na Rua Joinville, no bairro Duas Mamas, nas proximidades da Sociedade Rio Camarada, em Schroeder. Uma Unidade de Suporte Básico (USB) foi deslocada até o local, porém depois de mais de 10 km rodados pelos arredores do local, nada foi encontrado. A ambulância chegou a ir até o início da serra que faz ligação com a cidade de Joinville. O Subcomandante dos Bombeiros de Schroeder, Jairê Michel Engler, comentou o fato. "Durante este tempo nossas equipes foram sendo reforçadas para compor a Unidade de Combate a Incêndio e Resgate (havendo a possibilidade de haver vítimas encarceradas), além de uma segunda USB caso houvesse mais de uma vítima. Em novo contato com o 14º batalhão, eles repassaram um número que seria o do solicitante, porém em contato da nossa Central de Comunicação de Emergência (CCE)  com este número, a ligação caiu em uma empresa de Schroeder. Nesta empresa, ninguém tinha nenhuma informação". O subcomandante lamenta o fato. "Infelizmente situações como estas colocam em risco muitas pessoas e também geram um prejuízo enorme às corporações de bombeiros. Só para se ter uma ideia, foram no total 55 minutos de ocorrência, todo este tempo a ambulância ficou indisponível para atendimentos na cidade e região, quando então poderia ter acontecido uma ocorrência real e consequentemente a ambulância não estaria disponível". Fazendo um cálculo baseado em estudos divulgados em 2014 pelo Centro Integrado de Operações de Defesa Social (Ciodes), foi verificado que um trote ocasiona em média R$ 1.000,00 mil reais de prejuízo aos cofres públicos. Jairê afirma que o pior não é apenas o prejuízo, mas também o fato que esta viatura poderia estar empenhada em outro atendimento de suma importância. "Algumas vezes, questões de minutos são primordiais entre a vida e a morte".