Um homem foi condenado a três anos pelo Tribunal do Júri na manhã desta terça-feira (24), em Jaraguá do Sul. Segundo denúncia do Ministério Público, Moacir de Castilho, 35 anos, tentou matar o cunhado com um facão. A decisão foi dada por maioria simples dos jurados, quatro votos. Castilho vai cumprir a pena em regime aberto. Quer receber as notícias do OCP Online no WhatsApp? Clique aqui A sessão foi presidida pela juíza Anna Finke Suszek. O crime aconteceu no dia 25 de dezembro de 2011, em Corupá. Moacir e a vítima, Sandro Rodrigues, estavam na festa de Natal e discutiram. Por volta das 5h, o acusado foi até a sua a casa e buscou um facão. Castilho deu um golpe com a arma branca na cabeça do cunhado, mas a vítima se protegeu com a mão. Sandro acabou com um corte profundo na mão e foi levado para o Hospital São José.
“Eles brigaram por motivo fútil, provavelmente a discussão foi motivada pelo consumo excessivo de álcool”, afirmou o delegado David de Queiroz, que presidiu o inquérito na época.
Leia também: https://ocponline.com.br/mulher-acusada-de-matar-marido-em-jaragua-do-sul-aguarda-julgamento-em-liberdade/