Publicidade

Traficantes são soltos por falta de vagas no Presídio de Mafra

Compartilhar
Agentes ficaram em uma área externa do presídio durante cerca de seis horas | Foto: Divulgação

Agentes ficaram em uma área externa do presídio durante cerca de seis horas | Foto: Divulgação

Dois homens presos em pela Polícia Militar por tráfico de drogas estão em liberdade por falta de vagas no Presídio Regional de Mafra. Um deles estava com 5 buchas de cocaína, 9 buchas de MDMA e 99 comprimidos de ecstasy, além de R$ 300 em dinheiro, durante uma abordagem em Serra Alta, por volta das 23h30 de sábado (7). Ele confessou que venderia os ilícitos em uma festa.

O outro passageiro do veículo não tinha drogas, mas ficou nervoso ao ser perguntado onde morava. Durante investigação em duas casas, mais duas pessoas foram detidas com produtos ilícitos. Os envolvidos e os materiais apreendidos foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil e entregues para o agente de plantão. Dois dos quatro abordados foram presos por serem enquadrados no tráfico de drogas, mas já estão em liberdade por conta da falta de vaga no presídio.

De acordo com o delegado regional Odair Sobreira Xavier, os policiais civis ficaram na área externa do presídio de Mafra com os dois presos, aguardando vagas, por nada menos que seis horas. "Para piorar, a Polícia Civil não descarta a possibilidade de pelo menos um dos presos ter ligação com facção criminosa, ou seja, a viatura na rua deixaria os policiais vulneráveis a enfrentar um possível resgate", lamenta Sobreira.

Por isso, de acordo com Sobreira, o juiz plantonista decidiu pela soltura dos presos, mesmo com as prisões preventivas decretadas anteriormente.

Com informações do jornal A Gazeta. 

Quer receber as notícias no WhatsApp?



Compartilhar