O temporal na noite desta sexta-feira em Jaraguá do Sul, provocou quedas de árvores em pelo menos dois bairros, deixou mais de 4,3 mil residências sem luz e mobilizou os órgãos de segurança pública. Em algumas localidades, ocorreu chuva de granizo. Em Guaramirim, mais de 200 unidades consumidoras ficaram sem luz.

Segundo os bombeiros voluntários de Jaraguá do Sul, por volta de 21h, foram registradas quedas de árvores sobre a fiação da rede elétrica na rua Presidente Epitácio Pessoa, próximo ao entroncamento com a rua Erwino Menegotti, interditando a via em uma faixa, no sentido Centro/bairro.

Queda de árvore na rua Presidente Epitácio Pessoa | Foto Fábio Junkes/OCP News

Os bombeiros isolaram a área e tiveram apoio da Celesc e da Polícia Militar. As árvores que estavam obstruindo a passagem de veículos foram retiradas da via. Por volta da meia-noite, a Celesc permanecia no local fazendo a manutenção da rede elétrica danificada.

Nas redes sociais, moradores repassaram diversos registros de quedas de granizo e ventania, em localidades como Três Rios do Sul e Três Rios do Norte.

No início da madrugada deste sábado (15), moradores permaneciam sem luz, principalmente nos bairros Vila Lenzi, Nova Brasília, Centro e Jaraguá Esquerdo. Algumas unidades consumidoras no Baependi e Santa Luzia também continuam sem energia elétrica. A Celesc está mobilizada com a equipe para o restabelecimento da luz.

Na Vila Lenzi, placas foram arrancadas pelo vento e uma árvore caiu sobre a calçada na rua Venâncio da Silva Porto. Os bombeiros realizaram o corte e retirada da árvore do local.

Queda de árvore na Rua Venâncio da Silva Porto | Foto Fabio Junkes/OCP News

No bairro Nova Brasília, segundo a moradora Larissa Schwarz, uma caixa d'água de 10 mil litros caiu de uma altura de oito andares de um prédio em construção na rua Tomás Francisco de Góes.

"A caixa caiu sobre a rede elétrica e estamos sem energia desde às 21h30. Desejo um bom trabalho a todos os envolvidos, pois pelo visto muitas localidades foram afetadas", informou.

LEIA MAIS:

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?