Por volta das 16 horas de ontem, um taxista de 57 anos de idade conhecido pela alcunha de “Chiquinho” foi atingido por pelo menos dois golpes de faca após uma provável tentativa de assalto, em Guaramirim. A agressão foi cometida por dois indivíduos, segundo a linha de investigações da Polícia Civil de Guaramirim, sob responsabilidade do delegado Daniel Dias. Os homens, que teriam sido identificados, tentaram tirar do taxista uma quantia em dinheiro proveniente das corridas do dia. Em um ato de nervosismo, atingiram a vítima na lateral do abdômen pelo menos duas vezes, causando graves ferimentos, aponta a investigação. O taxista foi socorrido pelos Bombeiros Voluntários e pelo Samu de Guaramirim e levado ao Hospital Santo Antônio, em Guaramirim, sendo na sequência transferido para o Hospital São José, em Jaraguá do Sul, onde permanecia em estado grave até a tarde de ontem. Um suspeito foi detido por testemunhas, sendo levado à delegacia para esclarecimentos. Ele negou envolvimento na ocorrência, mas não sabe explicar por que estava com o celular da vítima. Segundo o depoimento dele ao delegado, alguém teria colocado o objeto entre os seus pertencentes para incriminá-lo. “Estamos investigando com calma, a princípio a intenção era roubar a vítima. Já temos a identificação do autor. Ele já é conhecido da polícia e tem diversas passagens, assim como o outro suspeito detido”, relatou o delegado. O crime ocorreu nas proximidades da Rua Athanásio Rosa. No último dia 9, outro taxista da cidade, que havia sido assaltado em 2015 e permanecia em estado grave na UTI do Hospital São José de Joinville, veio a falecer. O corpo de Everaldo Sikorsky, que tinha 30 anos, foi sepultado no domingo, no centro da cidade.