Dois homens foram presos pela suspeita da morte de Thiago Batistella de Lima, de 28 anos, nesta terça-feira (21), no Paraná. De acordo com o delegado Daniel Dias, titular da Divisão de Investigação Criminal (DIC), Brian Belarmino e Josiel de Paula já tinham mandados de prisão expedidos pela Justiça e foram capturados pela Polícia Civil paranaense em Pitanga. Dias comenta que o caso já está encerrado. “Uma semana após o crime, a gente já tinha a identificação dos autores do crime. Mas eles estavam escondidos e não sabíamos o paradeiro dos dois. Através dos nossos informantes, a equipe da DIC soube que os dois estavam em Pitanga, no Paraná. Mandamos os mandados de prisão para a Polícia Civil de lá e, após dez dias, eles foram presos”, comenta o chefe da Divisão de Investigação Criminal. LEIA MAIS:  Homem leva tiro na cabeça na rua Pastor Albert Schneider - Polícia Civil investiga tentativa de homicídio em Jaraguá do Sul Homem que levou tiro na cabeça morre no hospital em Jaraguá do Sul  Segundo o trabalho de investigação feito pela DIC, Lima foi morto pela dupla por causa de uma dívida de drogas. A equipe da Polícia Civil vai até o Paraná nesta quinta-feira (23) para trazer os dois suspeitos para Jaraguá do Sul. Depois da tomada de depoimentos, os dois devem ser levados para o Presídio Regional de Jaraguá do Sul. O crime que vitimou Tiago aconteceu na rua Pastor Albert Schneider, no bairro Barra do Rio Cerro. A vítima foi abordada por dois homens em uma moto. Segundo uma testemunha, os três conversaram e um dos ocupantes da motocicleta deu um tiro na cabeça de Lima. Ele foi levado para o Hospital São José pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Após dois dias internado na unidade, Thiago morreu na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI).