Na tarde de domingo (15), na BR-101, em Itajaí, policiais rodoviários federais prenderam um homem de 39 anos com três mandados de prisão ativos no Paraná. Ele é suspeito de ter matado e escondido o corpo da companheira naquele Estado. A Polícia Rodoviária Federal foi informada pela Polícia Civil de Santa Catarina que o procurado provavelmente estava circulando no Litoral Norte do estado, utilizando um Renault Megane Grandtour com placa de Guaratuba (PR). Os agentes da PRF realizavam fiscalização de rotina, quando visualizaram e abordaram o veículo. O suspeito apresentou uma carteira de motorista em nome de outra pessoa. Após consultas aos sistemas da PRF, os policiais constataram que o documento era falso e confirmaram a verdadeira identificação do homem. Ele foi imediatamente detido. De acordo com o que foi apontado pela Polícia Civil do Paraná, o homem é suspeito de ter matado e ocultado o corpo de uma jovem de 24 anos, com quem tinha uma filha e que está desaparecida desde o dia 8 de dezembro do ano passado. Além da suspeita de assassinato e de ocultação de cadáver, o preso também possuía mandado de prisão por roubo decretado pela Justiça paranaense. Ele foi encaminhado à Polícia Federal de Itajaí, onde responderá pelos mandados de prisão e por uso de documento falso.