Um rapaz de 19 anos foi morto em uma troca de tiros com a Polícia Militar nesta quinta-feira (10) no bairro Vorstadt, em Blumenau.

Uma guarnição da PM fazia rondas pelo bairro quando flagrou dois homens em uma escadaria na Rua Leopoldo Kuhn, local frequentemente usado para o tráfico de drogas.

Quando eles perceberam a presença da polícia, fugiram em direção a um matagal. Os policiais os localizaram depois de alguns minutos.

Segundo a PM, um deles estava armado e confrontou os policiais, que revidaram e o balearam. O Samu chegou a ser acionado, mas o jovem morreu ainda no local e o corpo foi levado ao IML (Instituto Médico Legal).

Conforme o Instituto Geral Perícias (IGP), ele foi identificado como Guilherme Henrique de Almeida Mello. A arma usada por ele – um revólver calibre .32, com numeração suprimida – tinha três munições intactas e duas deflagradas.

Foto: Reprodução

Guilherme tinha uma extensa ficha criminal, com 12 boletins de ocorrência registrados por homicídio, ocultação de cadáver, associação criminosa, furto, porte ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, entre outros crimes.

Caso relacionado

Guilherme é apontado como autor de um homicídio que chocou Blumenau no início de 2018, quando tinha apenas 16 anos.

Na época, ele participou do assassinato de Edson de Melo Nascimento, de 23 anos, do Paraná, no bairro Vorstadt.

Edson de Melo Nascimento

Edson foi esquartejado ainda vivo, decapitado e teve ossos quebrados e membros mutilados. Partes do corpo dele foram encontradas em sacos na Rua Pedro Krauss Sênior em março de 2018.

O crime violento foi filmado pelos autores e Guilherme chegou a ser apreendido na época, mas nunca chegou a ser condenado.