O suspeito de cometer um ataque a tiros no metrô de Nova Iorque foi preso.

Frank James, de 62 anos, foi detido por policiais na tarde desta quarta-feira (13), segundo a CNN.

Os investigadores chegaram até o idoso porque a chave da van alugada por ele foi encontrada no local do atentado ocorrido nesta terça-feira (12).

Pelo menos 10 pessoas foram feridas pelos tiros disparados por James.

 

 

As autoridades ofereceram uma recompensa de US$ 50 mil (cerca de R$ 235 mil) pela captura do suspeito.

James foi encontrado no East Village, em Manhattan.

“Está claro que esse indivíduo queria criar terror e violência. Sabemos que ele queria trazer o terror para o sistema (do metrô) com uma máscara de gás, uma arma, vários pentes, bomba de fumaça”, disse o prefeito de Nova York, Eric Adams à rede de TV.

O ataque foi realizado na estação Sunset Park, quando um desconhecido usando uma máscara de gás e um colete começou a atirar dentro do vagão antes do trem chegar à estação.

Após abrir duas latas de gás, o vagão foi tomado pela fumaça.

Ele deu 33 tiros com uma pistola semiautomática Glock 9 mm, que, segundo a polícia, emperrou.

A arma foi abandonada com três carregadores, um machado, fogos de artifício e um recipiente com gasolina.

Vinte e nove pessoas ficaram feridas, dez delas por tiros e 5 ainda estão internadas em estado grave.

Se a arma não tivesse falhado, o número de feridos poderia ser maior.

As autoridades chegaram a suspeitar de que se tratava de um ataque terrorista e que havia explosivos plantados no local.

Todo o quarteirão foi isolado durante todo o dia até que fosse realizada uma varredura no local e descartado a possibilidade de terrorismo.

*Com informações de Metro e CNN.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre segurança pública da região (acidentes de trânsito, ações policiais):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança