A 6ª Região de Polícia Militar de Criciúma divulgou o estado de saúde do soldado da PM de Criciúma, Jeferson Luiz Esmeraldino, de 32 anos. O militar, alvejado por um tiro do fuzil na região do abdômen, disparado por criminosos que sitiaram a cidade em 30 de novembro, segue na UTI do Hospital São Batista.

Conforme o boletim médico da tarde desta quarta, ele não está mais sedado, tampouco com a ventilação controlada por aparelho. Há ainda presença de picos de febre e é bem provável algum dano neurológico futuro, não sendo possível ainda de estimar a extensão.
Ele segue com padrões hemodinâmicos e metabólicos dentro da normalidade.

“A PSMC agradece a todos! Seguiremos em vigília e em orações”, encerra a nota da corporação.

 

 

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp