Técnicos da Fundação Jaraguaense de Meio Ambiente continuam tendo muito trabalho com o resgate de animais silvestres na zona urbana de Jaraguá do Sul.

Somente na segunda-feira (17) foram quatro ocorrências com cinco espécimes.

“Apanhamos dois gambás em residência, uma coruja que acabou colidindo contra um veículo que estava estacionado ao lado de uma estrada, um tucano atacado por cão doméstico, além de um falcão quiri-quiri que também colidiu contra o vidro de um carro”, descreveu o biólogo da Fujama e responsável pelo Programa Resgate de Fauna, Christian Lempek Raboch.

Foto: Fujama

Ele acrescenta que nesta quarta-feira (19), por conta do calor fora de época em pleno outono, três serpentes saíram de suas tocas e precisaram ser resgatadas em bairros do município.

Os espécimes recolhidos passam por avaliação veterinária e se estiverem bem, são devolvidos à natureza.

A Fujama vem constatando um aumento significativo no número de resgates de animais silvestres. Somente no primeiro trimestre deste ano já são em torno de 170 ações desta natureza. Só em março foram mais de 80 resgates, 352% a mais do que no mesmo período do ano passado. Os mais frequentes são gambás e cobras.