Homem foi preso na Praia do Santinho | Foto Divulgação
Homem foi preso na Praia do Santinho | Foto Divulgação

O combate ao tráfico de drogas e intensas investigações do  Setor de Investigação Criminal da Delegacia de Maravilha resultaram na prisão de seis pessoas durante a operação Alvo Certo. Após várias diligências que culminaram na identificação de uma grande quantidade de usuários de drogas também foram apreendidos aparelhos smartphones, dinheiro e entorpecentes, como maconha e cocaína.

As primeiras detenções ocorreram no último dia 25 de fevereiro, quando os policiais civis prenderam O.B.M. de 22 anos, de Peixoto de Azevedo (MT) e M.C., 40, natural de Maravilha, ambos por tráfico de drogas.

Na sequência das investigações, nesta sexta-feira ocorreram mais quatro prisões. Dois dos suspeitos já haviam sido abordados e liberados em 3 de dezembro 2018 pela Polícia Militar de Maravilha. Na oportunidade portavam  certa quantia em dinheiro e torrões de maconha o que levou à instauração de Inquérito Policial.

Com o mandado de prisão expedido, ocorreu a prisão de L. R. dos S. A, 23,  natural de Maravilha, e D. L. T. de J., 19, natural de Canarana (MT).

Ainda na tarde do dia 1 de março, com a deflagração da operação Alvo Certo, que teve apoio do Canil de São Lourenço do Oeste e de Chapecó, foram cumpridos dois mandados de busca e apreensão, culminando com a prisão em flagrante de V. da S., 51, natural de Maravilha, e de sua esposa A. da S., 39,  natural de Pinhalzinho, proprietários do estabelecimento comercial.

Eles foram presos por receptação qualificada, já que no local foram localizados certa quantia em cigarro oriundo do Paraguai, mercadorias com prazo de validade vencidos e também um smartphone marca LG, modelo J2 furtado em 8 de fevereiro de 2019, no município de Tigrinhos.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?