Seis pessoas são denunciadas pela morte de mulher em SC

Foto: PM/Divulgação

Por: Claudio Costa

31/01/2024 - 12:01 - Atualizada em: 31/01/2024 - 12:33

O Ministério Público de Santa Catarina denunciou à Justiça seis suspeitos pelo envolvimento no assassinato de uma mulher de 35 anos em fevereiro do ano passado.

Todos estão presos preventivamente e agora respondem a uma ação penal. O objetivo é que eles sejam julgados e condenados pelo tribunal do júri da comarca.

A vítima, Ritchelle Magdi Popengem, morava em Lages e disse à família que iria a São Joaquim encontrar-se com amigos, mas nunca mais foi vista.

As investigações realizadas pelos órgãos de inteligência concluíram que ela foi morta em razão de uma suposta dívida com uma facção criminosa.

O corpo jamais foi encontrado, mas todas as evidências apontam para o assassinato.

A denúncia elaborada pela 2ª Promotoria de Justiça da comarca cita os crimes de homicídio por motivo torpe e dissimulação; ocultação de cadáver; fraude processual, pois os réus teriam alterado a cena do crime; corrupção de menores, afinal um adolescente teria sido envolvido na trama; coação no curso do processo, pois testemunhas teriam sido ameaçadas durante as investigações; e organização criminosa.

Entre os réus estão quatro homens e duas mulheres. Segundo consta nos autos, eles exerceram diferentes funções no contexto dos fatos, por isso respondem por crimes distintos.