A obra de um hotel realizada às margens da Via Expressa, em frente ao Fort Atacadista, em Blumenau, foi novamente interditada pela Defesa Civil do município. A decisão foi tomada na tarde desta quarta-feira (25) após ocorrer uma movimentação de terra acima de um muro de contenção, construído para estabilizar uma encosta. O problema teria sido ocasionado pelas chuvas que caíram na cidade nos últimos dias.

Em março deste ano, o mesmo local foi palco de uma tragédia que terminou com três funcionários da obra soterrados por um deslizamento. Dois deles vieram a óbito na ocasião e o outro foi resgatado com vida e chegou a se recuperar, mas morreu depois de cerca de um mês do acidente em virtude de uma parada cardíaca.

Soterramento atingiu três funcionários em março | Foto Felipe Elias/OCP News Vale

 

Segundo o secretário de Defesa Civil, Carlos Olímpio Menestrina, a interdição é preventiva e segue até que a empresa responsável apresente um novo plano de ação que dê mais segurança aos trabalhadores da obra e aos moradores da região. Fiscais do Centro de Referência em Saúde do Trabalhador e do Ambiente de Trabalho (Cerest) estiveram no local e registraram um auto de intimação como medida cautelar.

Os órgãos municipais seguirão monitorando a situação. A liberação das execuções ocorrerá somente após nova vistoria e correção das irregularidades relacionadas às condições de trabalho.

Quer receber as notícias no WhatsApp?