O comício do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, sábado, no centro de Florianópolis, está no foco da Segurança Pública. Reunião ocorrida quarta-feira à tarde no Centro Administro da SP, em Capoeiras, com as presenças do Secretário Alceu de Oliveira Pinto Júnior; o Comandante Geral da Polícia Militar de Santa Catarina, Cel. Araújo Gomes; e a Inteligência da SSP traçou estratégias para tentar evitar confrontos no ato que vai reunir milhares de pessoas em torno da Catedral Metropolitana. A animosidade entre contras e prós Lula deixou o comando da Segurança em alerta. Durante a semana, os membros do Partido dos Trabalhadores montaram uma barraca amarela no Largo da Catedral para angariar simpatizantes. Por vezes, os contrários passavam, de carro e a pé, disparando palavras impublicáveis contra o ex-presidente e o PT. De pronto, eram rebatidos do mesmo nível.
 Nas redes sócias a guerra foi aberta com troca de insultos que não merecem mais linhas, mas expõe o clima tenso que está no ar. O ato está para começar no final da manhã, mas desde a movimentação de pessoas será intensa no centro de Florianópolis. O que exigirá do comando da SSP organização e agilidade. E dos manifestantes, inteligência e bom senso.
Reportagem de Ewaldo Willerding para o OCP News Florianópolis. Quer receber as notícias do OCP News Florianópolis no WhatsApp? Basta clicar aqui