O Presídio Regional de Jaraguá do Sul vai receber cursos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino (Pronatec) através de Cursos de Formação Inicial Continuada (FIC). De acordo com a Secretaria de Educação, as inscrições para o processo que vai selecionar os profissionais bolsistas para atuarem como professores começou nesta segunda-feira (21). A unidade jaraguaense e outros 17 presídios vão aderir ao projeto.

O programa é uma iniciativa do Departamento de Administração Prisional (DEAP), através da Secretaria de Estado da Educação e tem como objetivo expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de formação inicial continuada. Ainda sem datas para início das aulas, a FIC oferece três cursos para o presídio de Jaraguá do Sul: auxiliar de cozinha, eletricista instalador predial de baixa tensão e pedreiro de alvenaria. Mas, a princípio, apenas o curso de auxiliar de cozinha estará disponível.

Até sexta-feira (25), das 13h e 19h, a Gerência Regional de Educação (GERED) de Jaraguá do Sul receberá as fichas de inscrições e a documentação do Processo Seletivo. Os documentos entregues serão avaliados pela comissão regional, comandada pela assistente técnico-pedagógica, Isirlene Aparecida Sebold Vavassori.

A carga horária semanal é medida em horas aulas: um professor docente é de até 20 horas semanais. No caso de servidor público aposentado e de prestador de serviços, a carga é até 40 horas. O valor da bolsa ofertado é de R$ 50,00 para habilitados e R$ 45,00 para não habilitados.

Os inscritos serão selecionados por meio das seguintes etapas: inscrição e entrega de documentação comprobatória da qualificação profissional; comprovação de idoneidade e conduta ilibada na vida pública e na vida privada; e entrega da documentação. O processo seletivo terá validade até dezembro de 2018.

Informações podem ser obtidas através do link https://bit.ly/2s3yLIK.