O estado de Santa Catarina terminou setembro com o menor número de homicídios da série histórica, que vai de 2008 a 2019.

 

 

Segundo o Colegiado Superior da Segurança Pública e Perícia Oficial, em setembro de 2019, Santa Catarina registrou 42 homicídios. Anteriormente, os melhores índices haviam sido conquistados em 2009 (44) e 2014 (48).

Setembro de 2019 registra o menor número de homicídios da série histórica | Arte: Comunicação/SSP

De acordo com o coronel Araújo Gomes, presidente do Colegiado e comandante-geral da Polícia Militar, a redução dos números é uma tendência esperada de acordo com o planejamento adotado pelo Governo do Estado há pouco mais de um ano.

“Temos a convicção de que a mudança ocorreu devido às estratégias ligadas às forças policiais. A presença mais proativa da polícia nas ruas, especialmente nas comunidades consideradas mais violentas, resultou na apreensão de armas e na prisão de lideranças e de criminosos reincidentes, o que refletiu nas estatísticas", afirmou.

Ele também atribui o resultado à criação de uma base de sustentabilidade, com ampliação de programas preventivos como a Rede de Vizinhos, a Rede Escolar e a Rede Catarina. "A união das forças de Segurança é uma realidade no Estado e isso é demonstrado na queda dos números de ocorrências, principalmente as mais violentas”, concluiu o coronel.

O delegado-geral da Polícia Civil catarinense, Paulo Koerich, corrobora o discurso do presidente do Colegiado e coloca o trabalho em conjunto como fator preponderante para o número alcançado.

“A Polícia Civil vem intensificando a investigação criminal para melhorar ainda mais os índices de resolução de crimes. Este ano, já foram realizadas mais de 300 operações policiais e mais de mil pessoas foram presas. Aliado a isso, destacamos a integração com todas as forças de segurança estadual e federal, não medindo esforços para baixar ainda mais os índices criminais no estado”, salientou.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger