A Polícia Militar de Santa Catarina (PMSC) registrou, em outubro de 2020, o menor índice de crimes violentos letais intencionais desde 2008, quando houve o início da contagem mensal. Nesse último mês, 42 crimes foram registrados, ficando abaixo de setembro, que já havia apresentado o melhor índice até então, de 44.

Esse dado leva em conta crimes como homicídio doloso, lesão corporal seguida de morte, latrocínio, feminicídio e morte por intervenção do agente do Estado.

Até abril de 2020, a média variava entre 60 e 80 casos. Contudo, a partir de maio, os índices tiveram quedas significativas, chegando aos meses de setembro e outubro, com os menores números da série histórica.

Segundo o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, o resultado é fruto das mudanças de protocolos e integração dos serviços de segurança e inteligência, aliadas ao trabalho motivado dos policiais militares.

 

“O compromisso da Polícia Militar sempre será proteger a sociedade catarinense e nosso trabalho será focado na intervenção com a integração dos sistemas de segurança, inteligência artificial e de inteligência. É dessa maneira que buscamos sempre melhorar a qualidade de vida da população catarinense, não esquecendo de melhorar as condições de trabalho do nosso policial”, afirmou o comandante.

 

Receba as notícias do OCP no seu WhatsApp: