Risco de inundação provoca fechamento de comportas de barragem em Taió

Foto: Divulgação / SDC

Por: Claudio Costa

03/11/2023 - 06:11 - Atualizada em: 03/11/2023 - 06:49

A Secretaria de Estado de Proteção e Defesa Civil de Santa Catarina determinou o fechamento de todas as comportas da Barragem Oeste, na cidade de Taió. De acordo com a pasta, a medida foi tomada para evitar inundação.

“O fechamento se faz necessário pois tem o objetivo de diminuir a vazão dos risos à justamente antes da chegada das chuvas previstas”, informou o aviso divulgado na página da secretaria na internet.

O município e as cidades de Laurentino, Rio do Oeste e Rio do Sul estão sob estado de calamidade pública, conforme o decreto do governador de Santa Catarina, Jorginho Mello, assinado na terça-feira (31). A causa da decisão do governador são as fortes chuvas que atingem o estado. “O decreto publicado no Diário Oficial de Santa Catarina tem vigência de 180 dias”, informou o governo catarinense.

A Defesa Civil informou também que a operação na Barragem Oeste está sendo monitorada por equipe técnica. “Ainda há risco muito alto para inundações graduais em toda região do Vale do Itajaí”, completou.

A secretaria pediu para a população ficar atenta aos alertas e seguir as recomendações das defesas civis dos municípios.

Vertimento da barragem

O vertimento da Barragem Oeste, em Taió, iniciou nesta manhã de quinta-feira (2), às 8h20, quando o nível do reservatório atingiu a cota de 23,30 metros (IBGE 362,30m). No momento, a capacidade de armazenamento do reservatório se encontra em 100%.

Segundo a Defesa Civil de SC, o vertimento das barragens é uma operação controlada e monitorada por equipe técnica. Além disso, ainda há risco muito alto para inundações graduais em toda região do Vale do Itajaí

“A barragem quando chega perto dos 100% de sua ocupação, ela começa a passar pelo vertedouro. O vertedouro é uma estrutura projetada para esvaziar, aliviar o excesso de água pelo vertimento. É processo muito controlado porque começa com uma pequena lâmina de água e vai aumentando gradativamente. Então, é uma situação segura, a barragem é projetada para isso e está fazendo o seu papel de controlar as cheias no Vale do Itajaí”, explica Frederico Rudorff, coordenador de monitoramento e alerta da Defesa Civil de Santa Catarina.

A Defesa Civil informa que está acompanhando de forma constante a situação e trará novas atualizações. Fique atento aos alertas e siga as recomendações das Defesas Civis dos Municípios.