Dois homicídios pós final da Copa Libertadores foram registrados neste fim de semana em Santa Catarina. Na partida, o Flamengo foi derrotado pelo Palmeiras na prorrogação por 2 a 1.

Um dos assassinatos ocorreu ainda na noite de sábado, em Campos Novos, cidade de 35 mil habitantes do Planalto Sul catarinense.

Segundo a Polícia Militar, um homem de 51 anos matou o padrasto, de 55 anos, a facadas no bairro Aparecida. Ele não teria aceitado a derrota do time carioca no campeonato sul-americano.

A vítima foi encontrada pelo Corpo de Bombeiros caída no pátio da residência, já sem os sinais vitais, com três perfurações de arma branca na região do tórax e abdômen. O autor foi autuado em flagrante pela PM. Eles teriam passado o dia ingerindo bebida alcoólica.

Em Blumenau

O outro caso pós jogo ocorreu também na noite de sábado, em Blumenau, em um bar na rua Oscar Dickmann, no bairro Itoupavazinha. A vítima foi um homem de 31 anos.

Quando a Polícia Militar chegou ao local, a vítima, que apresentava um corte na região do pescoço, já estava morta. O autor fugiu do local.

De acordo com a PM, o homem assassinado tinha 36 Boletins de Ocorrência, pelos crimes de ameaça, vias de fato, lesão corporal, violência doméstica contra mulher, porte ilegal de arma de fogo, adulteração de sinal de identificação de veículo automotor, tráfico de drogas, entre outros.