Uma residência de madeira, já comprometida, desabou no final da manhã deste sábado no bairro Operária Nova, em Criciúma.

A casa, com mais de 60 anos, que fica aos fundos da antiga sede da Polícia Federal (PF), pertencia aos familiares do ex-jogador Foguinho, do Atlético Operário, à época.

No momento que o imóvel cedeu, moradores tentavam colocar uma lona sobre a estrutura. Não há informações de feridos.