Resumo da notícia:

  • A Receita Federal apreendeu R$ 172,2 milhões em mercadorias em SC no primeiro semestre de 2020
  • Resultado é 45% maior que o registrado no mesmo período de 2019.
  • Foram interceptados R$ 24,4 milhões em cigarros, R$ 24,1 milhões em vestuários e calçados, R$ 16 milhões em óculos de sol e R$ 8,8 milhões em relógios.

 

A Receita Federal apreendeu R$ 172,2 milhões em mercadorias em Santa Catarina no 1º semestre de 2020. O resultado é 43% maior do que o registrado no primeiro semestre de 2019, de R$ 120.372.678.

As apreensões de cigarros, vestuários, calçados, óculos de sol e relógios introduzidos irregularmente no país correspondem juntos a 42,65% do valor total apreendido.

 

 

Foram interceptados R$ 24,4 milhões em cigarros, R$ 24,1 milhões em vestuários e calçados, R$ 16 milhões em óculos de sol e R$ 8,8 milhões em relógios.

Apreensão de mercadorias

Foto Divulgação/Receita Federal

A maior parte das apreensões aconteceu na jurisdição da Alfândega da Receita Federal no Porto de Itajaí, que compreende também o Porto de Navegantes e outros recintos alfandegados.

O valor total de apreensões realizadas é de R$ 124 milhões, que corresponde a 72% do total retido em SC.

As interceptações que ocorreram no estado respondem por 12,45% do total de apreensões do Brasil, que somaram R$ 1,38 bilhão.

Proteção à indústria

O trabalho é realizado pela Receita Federal em suas operações de vigilância e repressão, bem como pelas demais forças de segurança pública que atuam no estado.

O objetivo das ações é proteger a indústria nacional e evitar a concorrência desleal, além de impedir a entrada no país de produtos lesivos à sociedade.

Fonte: Receita Federal

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Whatsapp

Grupo OCP Segurança

Telegram

OCP Segurança