Quatro envolvidos na execução na creche em Indaial são presos em SP

Foto: Reprodução OCP

Por: Claudio Costa

04/03/2024 - 17:03 - Atualizada em: 04/03/2024 - 17:58

Os quatro envolvidos em uma execução na frente de uma creche em Indaial foram presos.

A informação foi divulgada pelo 32º BPM (Batalhão de Polícia Militar) na tarde desta segunda-feira (4).

Segundo a PM, houve uma troca de informações entre as polícias militares de Santa Catarina, do Paraná e de São Paulo.

Os criminosos foram abordados e presos no território paulista. Após serem detidos, os dois envolvidos confessaram o crime.

Após a troca de informações com a Polícia Rodoviária Federal, outros dois homens foram presos por uma guarnição da Força Tática em Registro.

Eles também confessaram a participação no crime.

Criminoso procurado

Marcos Gama Barroso, conhecido como “Marcola”, foi morto na frente da Unidade de Educação Infantil Hilário Buzzarello, no bairro Tapajós.

Marcola era foragido da justiça do Amazonas por diversos crimes.

Ele já havia sido preso em 2017 suspeito de ser autor de um homicídio.

O mandado de prisão preventivo contra o criminoso foi expedido no dia 19 de dezembro de 2016

Em 2022, a Secretaria de Segurança Pública do Amazonas divulgou uma lista de seis membros de facções criminosas foragidos da justiça, entre eles Marcola.

Execução na frente da creche

Marcola foi deixar a filha na creche e foi abordado por dois homens.

Eles realizaram diversos disparos contra o criminoso, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Durante a execução, uma mulher foi atingida na perna e uma criança de raspão.

Segundo a Polícia Militar, o crime tem relação com o envolvimento da vítima com o tráfico de drogas.