As duas primeiras formaturas aconteceram nesta quarta-feira em Florianópolis e Joinville. Até sexta-feira (15), novas solenidades estão marcadas para Blumenau, Chapecó, Lages, Canoinhas, Criciúma, Araranguá e Herval do Oeste Os índices de violência em Santa Catarina são reconhecidamente mais baixos do que a média nacional. No entanto, vêm crescendo e a cada dia aumenta a preocupação da segurança pública no esforço para conter o avanço de organizações criminosas que agem no estado. Na manhã desta quarta-feira (13), a Polícia Militar (PMSC) formou mais 404 soldados. Até o fim da semana, um total de 918 praças serão distribuídos nas diferentes regiões da PM (RPM), seguindo critérios técnicos e estatísticos. O governador Raimundo Colombo e o vice-governador Eduardo Pinho Moreira participaram da solenidade de formatura na Capital, de onde seguiram para um encontro com jornalistas. Enquanto Moreira declarou-se impressionado com a garra demonstrada pelos formandos em marcha, Colombo classificou a formatura como “uma grande conquista” e comemorou o fato de ser o maior ingresso de novos policiais na história de mais de 180 anos da instituição. Ele lembrou que no fim do mês de novembro a Polícia Civil também recebeu um reforço importante, de 138 agentes e 57 delegados.
Indicadores de violência são preocupantes e estão se agravando”, admitiu o governador | Foto Andréa Leonora/OCP
O secretário de Estado da Segurança Pública, César Augusto Grubba, ressaltou que de 2011, início do primeiro mandato de Colombo e Moreira, até agora, foram realizados 22 concursos públicos na área para preenchimento de 9.344 vagas. “Temos que, continuadamente, fazer esse esforço. Não é em um dia ou em um semestre que se consegue resolver o problema. Os indicadores de violência são preocupantes e estão se agravando”, admitiu o governador ao anunciar mais um concurso para a PMSC em 2018. Além disso, o novo concurso para outras 394 cargos de escrivão e agente da Polícia Civil, cujas provas acontecem no próximo sábado (16) e domingo (17), recebeu 51.247 inscrições, mostrando que a carreira desperta interesse. “Também estamos investindo em tecnologia e inteligência. O resultado está vindo. O número de apreensões de drogas cresceu, assim como de prisões. Estamos conseguindo fazer o enfrentamento ao crime. O Estado está forte e vai vencer esta batalha”, garantiu o governador. MAIS FORMATURAS  A turma que se formou na manhã de quarta-feira, na presença do comandante-geral da PM, coronel Paulo Henrique Hemm, e do comandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Onir Mocellin, foi composta por praças de Florianópolis, Itajaí, Tubarão e Balneário Camboriú. Nesta quarta-feira mesmo, só que à noite, outra formatura aconteceu em Joinville. Para hoje estão marcadas solenidades em Blumenau e Chapecó. Na sexta-feira (15) será a vez de Lages, Canoinhas, Criciúma, Araranguá e Herval d’Oeste.
Turma que se formou na manhã de quarta-feira | Foto Divulgação/OCP
De acordo com matéria publicada no site do governo, os novos policiais vão atuar em serviços operacionais e na Operação Veraneio. Eles passaram por curso de formação, iniciado no mês de maio, que somou 1.284 horas de aulas práticas e teóricas. LEIA TAMBÉM: - 14º Batalhão de Polícia Militar deve receber reforço de 22 soldados