O quartel do 3º pelotão da 4ª companhia do 7º Batalhão do Corpo de Bombeiros Militar, situado em Jaraguá do Sul, mudou de endereço. A sede da corporação, antes localizada no Centro, foi transferida para um prédio na rua Eugênio Roberto Ziemann, no bairro Czerniewicz.

De acordo com o comandante da unidade, o tenente Thiago Bernardes Maccarini, um dos principais motivos para a mudança era a falta de estacionamento.

A antiga sede ficava em uma casa na rua Governador Jorge Lacerda, no Centro. O oficial explica que parte das nove viaturas que atendem as cidades que fazem parte da circunscrição do pelotão – Jaraguá do Sul, Guaramirim, Coupá, Massaranduba e Schroeder –  ficavam fora do estacionamento, à mercê de danos e furtos.

um dos modivos para a mudança era a falta de estacionamento. | Foto Renan Reitz/OCP News

Outro motivo alegado pelo tenente é a falta de espaço da residência, onde 11 bombeiros militares trabalhavam.O prédio no bairro Czerniewicz tem dois pavimentos e também é alugado. Agora, a estrutura atende as necessidades de espaço que os bombeiros militares necessitam. A mudança foi feita no dia 11 de outubro e a unidade se tornou operacional no último dia 15. “Algumas coisas não puderam ser feitas.

A nossa internet ainda está bem ruim e o nosso telefone não está funcionando. A operadora tem um tempo para fazer a mudança de endereço e restabelecer a internet”, afirma Maccarini.

O telefone do quartel do Corpo de Bombeiros Militar só deve ser restabelecido na segunda-feira (29). O contato com os escritórios locais é o mesmo, pelo (47) 3276-9500, mas também pode ser feito por e-mail, para 743sat@cbm.sc.gov.br, ou comparecendo pessoalmente na unidade.

Segundo o tenente Maccarini, a nova estrutura atende as necessidades de espaço que os bombeiros militares necessitam. | Foto Renan Reitz/OCP News

A busca por um novo lugar para o quartel começou no início de 2017. Diversos prédios foram visitados pelos bombeiros militares, mas nenhum deles oferecia as condições adequadas para facilitar o atendimento à população.

“Às vezes o lugar era bom, mas estava em um bairro afastado do Centro. A gente queria ficar perto de onde está a maioria dos escritórios de contabilidade e, como a gente tem que se deslocar para várias cidades, queríamos um local mais central”, argumenta o oficial.

Serviço de atividade técnica

O Corpo de Bombeiros Militar não realiza qualquer atendimento de ocorrências no município, pois o serviço já é prestado pelo Corpo de Bombeiros Voluntários de Jaraguá do Sul.

“O bombeiro militar presta apenas o serviço de atividade técnica, ou seja, análises para a emissão de alvarás, análise de projetos, vistoria de funcionamento, vistoria de Habite-se. A gente não faz a parte operacional”, comenta.

Maccarini faz questão de ressaltar que a instalação do pelotão na cidade foi necessária apenas para fazer o atendimento desse tipo de serviço. Segundo o tenente, não há planos de fazer a ampliação das atividades prestadas pelo Corpo de Bombeiros Militar em Jaraguá do Sul.

“Eu tinha até algum receio que alguém pudesse pensar, pois a comunidade tem apreço pelo bombeiro voluntário. Não há nenhum plano, o bombeiro voluntário atende muito bem a comunidade”, explica.

-

Quer receber as notícias no WhatsApp?