A sala de emergências do PA Sul (Pronto Atendimento) de Joinville, ficou alagada depois que o teto cedeu com as fortes chuvas da madrugada deste sábado (8).

Apesar dos transtornos e da água da chuva que invadiu a sala de emergência, o atendimento foi mantido com a utilização de sistema manual, porque o sistema automatizado ficou comprometido temporariamente.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi orientado a direcionar os pacientes ao PA Norte. Na unidade da zona Sul, leitos de emergência foram instalados nas salas que não foram atingidas pelo alagamento.

Uma equipe foi acionada para fazer a manutenção e o reparo no local.

Chuva é monitorada pela Defesa Civil

A Defesa Civil de Joinville continua monitorando as áreas de riscos devido à potencial possibilidade de deslizamentos de terras ou queda de muros e árvores, por causa do solo encharcado e da continuidade da chuva no município.

Os efeitos climáticos se intensificaram no domingo (09/02), com a ocorrência de um temporal que causou danos principalmente na região do Distrito de Pirabeiraba. Até o momento, um casal permanece desabrigado na Escola de Ensino Médio Governador Celso Ramos, no bairro Bucarein.

Moradores que identificam cenários de deslizamentos em barrancos, com quedas de terra, muros com rachaduras ou que têm sinais de instabilidade, devem entrar em contato com a Defesa Civil, no ramal 199, para que seja feita a vistoria no local.

Há registro de pontos de alagamentos na região do Jativoca, no bairro Nova Brasília, onde o rio Águas Vermelhas está com nível acima do leito.

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram