Uma professora que trabalha no CEI Cidade Encantada, localizado no bairro Jardim das Avenidas, em Araranguá, foi surpreendida, na tarde de terça-feira, com seu ex-marido destruindo a marteladas o seu carro.

Ela estava trabalhando quando colegas ouviram barulhos e, ao saírem para averiguar a situação, visualizaram um homem enfurecido destruindo o Renault Sandero, que estava no estacionamento.

A vítima foi chamada e ao se aproximar da porta da instituição viu seu ex-marido destruindo o veículo.

Ao perceber a presença da ex, o homem tentou invadir a creche, dando um chute na porta de vidro do CEI.

“Ele queria me matar. A marreta usada era pra mim. Ele chamava muita vezes para eu ir pra fora, dizendo que era eu que ele queria matar”, comentou a vítima.

Após destruir o veículo, o autor embarcou em um Fiat Siena, de cor branca, e fugiu. A Polícia Militar foi acionada por volta das 16h e atendeu a ocorrência.

Prisão

Com o autor identificado, militares foram até sua residência e realizaram a prisão. Ele foi encaminhado à Central de Plantão Policial, onde foi autuado em flagrante pelo delegado por dano, injúria e ameaça.

Após ser ouvido, o homem – que trabalha na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Araranguá – pagou a fiança arbitrada e foi liberado. A vítima requereu judicialmente medida protetiva contra seu ex-marido.

A mulher contou ao Portal Agora que está separada há anos e o último contato com o ex foi no Dia dos Pais, pois tem um filho com o autor. Ela afirmou não saber o motivo que o levou a destruir seu automóvel.

Conforme constatado pela reportagem, todos os vidros, sinaleiras e retrovisores do automóvel foram quebrados. A lataria também foi bastante danificada.

Com informações de Karin Mariana/Portal Agora