Professor é preso suspeito de abusar de crianças em escola e pais preparam manifestação

Por: OCP News Criciúma

29/08/2022 - 08:08 - Atualizada em: 29/08/2022 - 08:43

Está marcada para o início da manhã desta segunda-feira, em frente à Escola de Ensino Fundamental Demétrio Bettiol, em Cocal do Sul, uma manifestação da comunidade sul-cocalense pedindo justiça sobre os possíveis casos de estupro que teriam ocorrido dentro da escola.

Um professor teria abusado de quatro alunas, entre oito e nove anos, em uma sala da biblioteca da unidade de ensino.

O professor, suspeito de ter cometido o crime, teria sido detido em casa e encaminhado para a Central de Plantão Policial de Criciúma (CPP), onde prestou depoimento. Ele realizou exame de corpo delito, assim como as crianças.

Equipes da Prefeitura teriam capturado imagens do circuito interno da escola que mostram que o professor entrou em uma sala com as alunas. O delegado Márcio Campos Neves, de Cocal do Sul, deve se pronunciar sobre o caso nesta segunda-feira.

NOTA DA PREFEITURA

A respeito do caso ocorrido nesta sexta-feira (26), na Escola de Ensino Fundamental Demétrio Bettiol, quando houve a prisão em flagrante delito de um professor, em decorrência de possíveis práticas delituosas com alunas do 2º e 3º anos, a Prefeitura de Cocal do Sul está tomado todas as medidas cabíveis, prestando apoio psicológico e jurídico, com visitas às famílias, bem como colaborando com as autoridades, encaminhando imagens das câmeras de segurança do local, no intuito de dar mais celeridade e total elucidação do ocorrido.

Que fique bem claro que o governo municipal não compactua com qualquer ato contrário à lei e aos bons costumes, repudiando qualquer prática criminosa, principalmente que envolva criança e adolescente.

A prioridade da administração municipal é preservar e dar total apoio às famílias sul-cocalenses.

Com informações da Rádio Marconi