O réu Ramon Ouriques Laurindo, de 29 anos, foi condenado a pena de dez anos de prisão, em regime inicial fechado, pelo crime de tráfico de drogas, pela Justiça da Comarca de Criciúma.

Ele não teve o direito de recorrer em liberdade.

O professor de capoeira foi preso em setembro do ano passado, pelos agentes da Divisão de Repressão a Entorpecentes da Divisão de Investigação Criminal (DRE/DIC) de Criciúma, com 66 quilos de cocaína.

A grande parte do entorpecente estava em um sítio, em São Bento Baixo, no interior de Nova Veneza.

Ele não tinha até então passagens policiais e lecionava capoeira em escolas de toda região.