Procuradoria da Mulher de Jaraguá do Sul repudia mais um caso de estupro ocorrido na cidade

Foto: @rawpixel.com/Freepik

Por: Pedro Leal

11/03/2024 - 20:03 - Atualizada em: 11/03/2024 - 20:54

A Procuradoria da Mulher da Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul vem a público manifestar seu repúdio diante do recente caso de estupro envolvendo uma adolescente de 16 anos, vítima da violência realizada por dois homens no Bairro Czerniewicz, no último sábado, 9 de março.

“Este ato, que marca o segundo caso de estupro noticiado em Jaraguá do Sul em apenas 19 dias, é inaceitável aos direitos fundamentais das mulheres e à nossa sociedade como um todo. Portanto, reiteramos a importância incontestável da frase “Não é não”, ressaltando que o consentimento é a base de qualquer interação humana respeitosa e saudável”, destaca o órgõa.

A Procuradoria da Mulher reforça seu compromisso em combater todas as formas de violência contra as mulheres e acompanhará de perto os desdobramentos deste caso. É imprescindível que cada um de nós assuma a responsabilidade de criar um ambiente seguro e livre de violência para todas as mulheres.

As denúncias e atendimento as vítimas de violência contra a mulher em nosso município podem ser realizadas na Procuradoria da Mulher pelo telefone (47) 3307-3200, no WhatsApp (47) 99215-2036 ou presencialmente na sede da Câmara de Vereadores (Rua dos Imigrantes, 500, Bloco K, Bairro Rau – anexo à Católica de SC).

Diante deste triste episódio, é essencial reforçar a importância da denúncia e do apoio às mulheres que enfrentam qualquer forma de violência. Se presenciar ou tiver conhecimento de casos de violência contra a mulher, por favor, denuncie:

  • Polícia Militar: 190
  • Polícia Civil: 181
  • Central da Mulher em Situação de Violência: 180