O Senado Federal (10) uma medida provisória que aumenta a margem para o crédito consignado de aposentados, pensionistas do INSS, militares e servidores públicos ativos e inativos. O limite de desconto no contracheque passa a ser de 40% após a aprovação da proposta, 35% utilizados livremente e 5% apenas em operações com cartão de crédito. A MP tem validade até o fim de 2021.

Diante do provável assédio de instituições financeiras ao público beneficiado com a mudança, a Secretaria de Defesa do Cidadão de Florianópolis, por meio do Procon municipal, pede cuidado aos consumidores que optarem por fazer empréstimos e financiamentos.

O secretário municipal, Gabriel Meurer, reforça: “Há uma tendência de aumento na oferta e, sem controle orçamentário e a educação financeira adequada, pode acontecer endividamento. É necessário ter certeza da real necessidade e analisar cada oferta para não se precipitar”.

Os empréstimos consignados costumam ter as menores taxas de juros do mercado, pois, por serem descontados diretamente da folha de pagamento, o risco de inadimplência é menor do que em outras modalidades. A atratividade oferecida neste caso pode facilitar também a aplicação de golpes.